Resenha: Peça-me O Que Quiser Ou Deixe-me

14:48


Um livro é bom quando ele te entretém, te faz sair um pouco da sua cabeça e quando acrescenta algo à sua vida. E foi isso que a trilogia Peça-me O Que Quiser fez comigo. No começo, não fiquei muito empolgada com a história, (veja a minha resenha do primeiro livro clicando aqui e aprenda o básico da história) e disse que leria os outros porque aprendi a não julgar uma trilogia apenas por seu primeiro livro. Não estava enganada.     
A relação de Eric e Judith se desenvolveu bastante e ficou bem mais cativante. Confesso que, por ser o primeiro livro que li que trata o voyeurismo de maneira tão aberta e explícita, eu não entendia como um homem pode querer dividir a sua mulher de maneira tão íntima e não sentir ciúmes. Lendo os livros e mergulhando mais na história de Zimmerman e Flores e na possessividade que Eric sempre em relação à Judith, compreendi que são coisas completamente diferentes. Ainda não sei como eu, pessoalmente, lidaria com a situação mas abri um pouco mais a mente e acho que é isso que um livro deve fazer.  
O terceiro e último livro é simples e gostoso de ler, como nos outros dois a leitura é extremamente fácil. A história é agradável e li o livro em meros dois dias. 


“Sozinha em Madri e mais uma vez desempregada, Judith precisa descobrir como se recuperar da separação de Eric e esquecer o tempo que passaram juntos na Alemanha. No fundo ela sabe que ainda deseja o Iceman. Sente falta dele e dos jogos eróticos que lhe davam tanto prazer. Para o alemão, a vida sem a espanhola parece ter perdido a graça. Desesperado, começa a enviar e-mails em busca de seu perdão.Neste último volume da trilogia, o casal se verá frente a frente outra vez e lutará para retomar sua relação. Mas os ciúmes e a superproteção do Iceman são motivos de constantes brigas, e Judith deverá encarar o fato de que talvez um futuro juntos não seja possível. Peça-me o que quiser ou deixe-me, Megan Maxwell conclui um das sagas eróticas mais populares da Espanha.”


Preciso me manter firme em relação à minha impressão inicial: a escrita não é a melhor do mundo. O que me passou pela cabeça durante a leitura dos três livros é que o livro mais parece um relato oral do que uma história escrita. A autora não usa muitos adjetivos, não se aprofunda na complexidade dos personagens, na descrição de ambientes e sensações, são muitos diálogos curtos e, confesso, gostaria que ela tivesse mergulhado um pouco mais na descrição das emoções e sentimentos do voyeurismo. Alguns comentários de Judith poderiam ter sido relevados por serem muito desnecessários, digamos assim. Megan Maxwell não é a melhor escritora do mundo, mas isso não me decepcionou.
Dito tudo isso, não vou mentir: gostei bastante do livro. Me peguei dando algumas risadas durante a leitura e passei as páginas com tranqüilidade. Não é uma narrativa reflexiva ou complexa, não aborda questões filosóficas e que te fazem pensar bastante a respeito. O livro é divertido, simples e gostoso. 
Você não vê o tempo passar enquanto lê e se diverte com as brigas, discussões e com o temperamento de Judith. Fiquei feliz enquanto lia e acho que isso é o que conta de verdade. Gostei de perceber a evolução de Eric e como ele lida melhor ao longo do tempo com suas preocupações e possessividade exagerada em relação à segurança de Judith.
Não me arrependo de ter lido a trilogia, pelo contrário. Me diverti bastante e com certeza leria mais livros da autora Maxwell. Minha classificação passou de 2,5 estrelas para 4. O livro só perde por conta na narração que, como expliquei na primeira resenha e no quarto parágrafo, me incomodou. Dou quatro estrelas para Peça-me O Que Quiser Ou Deixe-me porque a história me cativou (até me arrisco dizer que me encantou), a leitura foi muito agradável e porque fiquei como uma louca atrás do último livro da trilogia para saber como terminava. Essas quatro estrelas são puramente pessoais, não sei como as outras pessoas reagiram a esse livro e vi vários comentários de outros que não gostaram. Pessoalmente, gostei das sensações que o livro me passou e da leveza que a história deixou.
Peça-me O Que Quiser Ou Deixe-me foi escrito por Megan Maxwell e publicado no Brasil pela editora Suma de letras. Os títulos anteriores são Peça-me O Que Quiser e Peça-me O Que Quiser Agora e Sempre.   

Classificação: 4/5 estrelas.

“Eric chega mais perto de mim e, sem se importar com quem está em volta, me abraça, me beija na boca e fala:
– Preciso te dizer mais uma vez que você é a melhor coisa que já aconteceu na minha vida.”

Gostou da resenha? Já leu o livro ou ficou com vontade de ler? Não deixe de comentar!


You Might Also Like

10 comentários

  1. Acabei de ler os três livros e gostei bastante. É um daqueles livros que se lê num abrir e fechar de olhos.
    Concordo que a escrita não é das melhores mas tornou-se numa boa leitura de lazer.

    Recomendas algum livro / saga deste género?

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o que disse. A escrita não é das melhores, mas a história é maravilhosa! Estou naquela famosa depressão pós livro. Sentirei muita falta da louquinha Jud e do magnífico Eric. Posso classificá-los como o casal mais lindo no mundo dos livros que já li.
    Agora vou me deliciar com "Surpreenda-me" que conta o romance do gato Björn ♥

    ResponderExcluir
  3. Amei a história desse casal maravilhoso. Devorei essa trilogia muito rápido. O amor deles é a parte mais linda da história, porém, não posso dizer que não fui cativada por a visão diferenciada e incomum, que os mesmos tem sobre sexo e prazer. Convenhamos, não tem como passar despercebida por os seus leitores.

    ResponderExcluir
  4. De todos os livros que até hoje eu li, e foram MUITOS livros. Os piores foram essa trilogia.
    Escrita ruim, romance fraco, eu tomei pavor das falas da irmã dela. " Fofinhaaaa". Ficaria legal se fosse uma menina de 8 anos, mas era uma mulher casada e de filho.
    E SSinceramente eu odiei.
    Desculpe quem gostou, mas eu não gostei.

    ResponderExcluir
  5. De todos os livros que até hoje eu li, e foram MUITOS livros. Os piores foram essa trilogia.
    Escrita ruim, romance fraco, eu tomei pavor das falas da irmã dela. " Fofinhaaaa". Ficaria legal se fosse uma menina de 8 anos, mas era uma mulher casada e de filho.
    E SSinceramente eu odiei.
    Desculpe quem gostou, mas eu não gostei.

    ResponderExcluir
  6. Realmente, estou na depressão pós leitura. Devorei a trilogia em uma semana, foi incrível. Jud e Eric em vários momentos me deixaram com ódio kkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Adorei. Fiquei louca até sair o 3° livro. E quando vc acha que acabou, deixa de ser trilogia, pois saiu o 4° Peça-me o que quiser e eu te darei. Vou começar a ler agora e ver o amor e a paixão dessa espanhola e desse Alemão. Jud e Eric, a explosão de amor continua...

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter