Asas quebradas

11:06


E com o tempo todo o brilho que ela tinha dentro de si foi se apagando. Ela tinha tanto pra dar... Tudo o que ela amava em si mesma foi se distanciando até não passar de uma vaga lembrança do que antes chamava de amor próprio. Quando ela abria os olhos, havia luz, havia pureza, havia esperança. Hoje aquela chama não existe mais, parece que sequer existiu.

Sua voz alta, alegre e confiante diminuiu algumas oitavas até se tornar um constante silêncio. Amargura. Ela não ligava de ser a vela acesa contra o vento, achava que era uma montanha, tinha certeza de que era invencível. Mas as brisas se tornaram ventanias mais do que capazes de apagá-la. E apagaram.

A cera secou, a chama morreu. Seu brilho se foi. Ela nunca mais foi a mesma. Aquela história de ir contra o mundo não era pra ela afinal. Ela não era tão forte quanto imaginava ser. Talvez nunca fosse forte como queria ser. Ela nem se lembrava mais de seu brilho, se é que teve mesmo um brilho próprio algum dia. Conseguiram o impossível; fizeram escorrer lágrimas de uma pedra, fizeram um anjo sangrar.

Ela não era invencível, não era uma chama, não era um anjo. Ela não era nada. 

You Might Also Like

19 comentários

  1. Sou apaixonada por blogs que tem textinhos , amei o seu, já pensou em começar a escrever um livro?

    http://janainapoderon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Já pensei sim, tenho vários textos salvos e guardadinhos, mas nunca levei pra frente a ideia, sabe?

      Excluir
  2. Seus textos são ótimos !
    Não me canso de lê-los ...
    Te enviei um e-mail .

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço de coração <3
      Vou lá conferir ;)

      Excluir
  3. Amei o texto, parabéns!

    www.antesdaprimavera.com.br

    ResponderExcluir
  4. Texto cativantes como estes são raros, mostrou bem como é sentir-se apagar.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
  5. Que texto fofo, gostei bastante *-*

    Beijos:*
    Dani - http://www.escritasnachuva.com/

    ResponderExcluir
  6. Texto lindo você escreve muito bem,Parabéns.

    http://meutomdepink.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico muito feliz em ler isso <3

      Excluir
  7. Lindo o texto... É tão estranho quando nos sentimos tão só e perdendo as forças... Enfim... Nessas horas precisamos reacender a chama que se apagou. Parabéns pelo texto;-) Você escreve muito bem.
    Beijos e beijos^.^
    http://thathabulle.blogspot.com.br
    https://www.youtube.com/c/thathabullé

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com o tempo a gente vai aprendendo a se murar contra todos esses ventos, né? Muito obrigada <33

      Excluir
  8. Nossa que perfeito, você ecreve divinamente, continue assim!
    Beijos!
    blogdakarulina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. É a primeira vez que visito o seu blog, mas esse texto conquistou-me pelo facto de que eu meio que me identifiquei com as suas palavras. Eu amo blogs com textos assim, textos com os quais nos podemos identificar, reflectir e saber que existem mais pessoas que estão a passar pelo mesmo que nós. É ótimo ver que existem pessoas que conseguem colocar estes sentimentos em palavras e partilhá-los com o mundo. Parabéns, amei o seu blog, estou a seguir <3

    fume,
    sleepy-deer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Seja muito bem vinda ao blog, espero que continue visitando e gostando dos textos e posts, te espero aqui mais vezes hein? <3

      Excluir
  10. E é exatamente assim que a gente se sente às vezes, mas tem que encontrar um bom caminho de volta pra si.

    www.cherryon.com.br ♥

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter