Autumn - Amores de estações

13:47


            Olhar para os números que marcam o passar dos meses sempre lhe trazia um sorriso travesso aos lábios. Ela conta as estações pelos amores que encontra no caminho. Ou quase amores. Nada banal, ela não aceita banalidades. Ama gestos simples desde que não sejam simplicidades.
Cada passar dos dias é uma promessa de uma nova chance. Quem sabe vai ser dessa vez?, sussurra o destino em seu ouvido. Nunca é, mas ele adora tentá-la. Ela se encanta fácil, encontra vários deliciosos desvios pelo caminho. Nada forte o suficiente para prendê-la. Infelizmente?
A magia das estações parece um constante recomeço. Colorido, novo, diferente. Ela quer sempre um pouco mais. Quem é preto e branco sabe dar valor a uma pincelada de cor. Procura um romance em cada passar de páginas do calendário que sempre leva consigo. Procura uma história diferente para cada verão de seu ano. Por que não? Um amor de verão em todas as estações.
No verão conheceu um daqueles machões, aquele que já conheceu todo tipo de mulher e faz questão de continuar conhecendo. Ele era garanhão, quente, intimidante, conquistador. No outono conheceu um daqueles proibidos, sua história favorita na sua estação favorita. Ele era tudo o que ela não esperava no momento que mais precisava. Misterioso, lindo, apaixonante, inexplicável. Finito. No inverno conheceu o mais charmoso de todos. Resolvido, de tirar o fôlego, sorriso perfeito e jeitão de menino. E, assim como as flores voltam a desabrochar na primavera, um brilho de esperança voltou a se acender. Ela conheceu um daqueles gentis, engraçados, com aquele olhar tenro e carinhoso. Para mostrar que talvez existisse esperança, afinal.
Mas, assim como um pássaro sempre sabe para onde migrar, ela sabe voltar para seu caminho. É a única coisa que sabe com certeza. Seu caminho meio incerto, meio tortuoso, meio cinza, meio ela. Seu caminho.
Define as estações pelos romances que quer viver, pelos sorrisos que lhe conquistam, pelas palavras que brincam em sua língua quando vê uma nova oportunidade. Ela quer ser feliz.
As pessoas tentam se encontrar, ela adora tentar se perder. Se perde para esperar que alguém a encontre. Se perde e se procura em cada sorriso torto que parece conter a resposta para aquilo que procura. Para aquilo que ela sequer sabe o que é.
Enquanto isso, risca os dias, se abana, guarda uma folha, se aquece, colhe as flores. Esperando pelo dia em que irá conhecer alguém que a faça mudar de ideia. Porque, no fundo, tudo o que ela não precisa é ficar sozinha. Porque ela não quer ficar. Alguém que lhe mostre que sua própria companhia não é a melhor de todas, afinal. Alguém que a faça se sentir como se não estivesse melhor solitária. Alguém que não apareça de forma diferente em cada mudança de ares.
Alguém que seja todas as estações em uma só.

*Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente. Fonte: Pinterest.

You Might Also Like

7 comentários

  1. Que texto lindo, ameii♥.
    http://princess-sonhadora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo deve poder mudar, viver uma história nova a cada três meses por que não?!
    Adorei o texto, vc escreveu de uma forma linda!
    Abraço,
    D'cifrando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é feita de constantes mudanças, não é mesmo? Muito obrigada <3

      Excluir
  3. Oi...
    Que texto lindo ! Amei tudo :)
    Se fosse pra mim escolher gostaria do amor da primavera ... Muito apaixonante e na minha estação preferida .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter