Resenha: Desejo proibido

05:24

            Faz tempo que não escrevo uma resenha de um romance assim e não poderia ter escolhido uma história melhor para pôr fim a esse hiato. Sabe quando você lê um livro praticamente sem expectativas e acaba se apaixonando perdidamente pela história? Fazia tempo que eu não lia um romance que me envolvesse tanto e que me fizesse passar as páginas com tanta facilidade e receio de acabar rápido. Desejo Proibido entrou para a minha lista de favoritos do ano.  

“Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.”

            Desejo proibido apareceu na minha estante por indicação de uma amiga que, assim como eu, é louca por romances. Sempre trocamos indicações de livros e, dentre vários que ela me mostrou, esse me saltou aos olhos. Logo de cara achei a história dos protagonistas bem fora dos padrões. Ela, uma professora dedicada a dar aula a presidiários, ele, um detento preso por inúmeros delitos, dentre eles tráfico de drogas. Tinha a sensação de que as histórias dos dois, assim como a maioria dos romances do gênero, iriam se entrelaçar logo na primeira página e desde o começo eles já iriam cair nos braços um do outro. Mas não foi bem assim.

            Desde o começo a personalidade dos protagonistas é muito bem caracterizada e planejada. Ambos são personagens fortes e marcantes, o que é essencial para uma narrativa bem construída. Normalmente não gosto das protagonistas, quase sempre acho a heroína fraca, dependente e sem uma personalidade cativante. Katherine Lane é diferente. Só o fato de ter nascido em berço de ouro e escolher lecionar em presídios já a torna uma protagonista que precisa ser forte, ela não deixa qualquer coisinha chateá-la. Wes Carter é um detento arrogante, curiosamente inteligente e muito seguro de si. Até demais. No começo é impossível não trincar os dentes com a personalidade forte de Carter, sua grosseria tiraria qualquer um do sério.


            É muito gostoso acompanhar o desenvolvimento dos personagens e as transformações que sofrem ao longo da narrativa. Katherine começa como uma mulher independente e destemida, mas acaba mostrando que tem lembranças que parecem nunca se cicatrizar. Ela é forte, sim, mas é humana. O crescimento de Carter é semelhante. Prepotente e intocável, o detento revela um passado sofrido e injusto com uma lembrança em especial que o faz seguir em frente.
            A história não se torna cansativa em nenhum momento. Comecei a ler o livro às 22h e quando dei por mim já tinha lido mais da metade e não queria dormir de jeito nenhum para não ter que largá-lo. Desde as primeiras páginas fui envolvida pela narrativa ora de Kat, ora de Carter. A autora, Sophie Jackson, consegue escrever de forma que os pensamentos dos protagonistas se tornem os nossos. A escrita é clara, fluida e infinitamente envolvente.
            É impossível não se apaixonar pela história de amor de Katherine e Carter. Desde o começo turbulento e, até mesmo um tanto quanto cômico, a química entre os dois é explosiva. Ambos têm defeitos, mas poucos casais se completam de tal forma. Me peguei suspirando por pensamentos, rindo de diálogos e mergulhando cada vez mais no possível futuro dessa professora e desse detento misterioso.
            Um ponto fortíssimo do livro são as cenas mais calientes hehe divididas pelos protagonistas. Apesar de não acontecer nada inusitado, é a maneira como Sophie Jackson as descreve que torna tudo tão incrível. Ela não tentou apressar tudo e é essa calma em desenvolver a atração de Katherine e Carter que torna tudo tão mais explosivo. A química entre o casal é praticamente palpável. Fazia tempo que não lia romances tão bem construídos nesse quesito.
Desejo proibido entrou para a minha lista de favoritos do ano e de queridinhos da minha estante. Adorei os personagens e me encantei por suas histórias. Vou ficar um bom tempo com o carinho e o amor de Katherine e Carter na cabeça. Para aqueles que, assim como eu, estão sempre em busca de um romance de tirar o fôlego, Desejo Proibido é indispensável na estante.

Desejo proibido foi escrito por Sohpie Jackson e publicado pela editora Arqueiro.

            Classificação: 5/5 estrelas.
“- Nós... Eu... Por favor – murmurou ela. – Não.
Aquela última palavra saiu de sua boca, mas fez seu estômago se contrair ao mesmo tempo. Ela ficou surpresa por ter energia para conseguir pronunciá-la.
- Seria tão ruim assim?- Ele se mexeu, sua respiração atingindo o rosto de Kat como uma neblina sensual. – Deus, você é tão linda.
Tudo no corpo de Kat estava se lançando ao homem à sua frente. Seu peito rugia, suas pupilas se dilatavam e seu coração batia ferozmente. Tinha consciência de que ambos estavam a um passo de cruzar uma linha perigosa que custaria toda a sua carreira.
- Carter – sussurrou ela de novo, em uma tentativa final de parar o que ela sabia, em seu coração, que era inevitável. – Não podemos fazer isso.
- Eu sei – respondeu ele, segurando o rosto dela. – Só uma provinha. Só uma. É tudo o que eu quero.
E, então, os lábios dele pressionaram os dela.


Gostou da resenha? Já leu o livro ou ficou com vontade de ler? Então não esqueça de deixar uma curtida ou um comentário ;)

You Might Also Like

13 comentários

  1. Oie Laura.

    Você acredita que comigo aconteceu o mesmo, quando eu li Desejo proibido eu não esperava nada da historia é fui muito surpreendida com a ideia da autora, acabei amando o livro.

    coisasdemineira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a prova de que não fui a única então! O livro é muito bom mesmo, né? Amei <3

      Excluir
  2. Já ouvi dizer muito sobre, mas nunca peguei pra ler... Pretendo.
    O seu blog é lindo, eu quero pra mim!
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ahaha Espero que visite mais vezes então <3

      Excluir
  3. Laura, acredita que ganhei esse livro e ainda não li? Ele ainda está na minha estante precisando de olhos... rs... E depois da sua resenha vou correndo ler!! Fiquei curiosa agora... rs...

    Beijos e obrigada pela dica!! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo! E volta aqui pra me contar o que achou, pode ser? <3

      Excluir
  4. Ouvi muito falar desse livro e gostei bastante da resenha.

    Estou ajudando a organizar um evento literário, da uma olhada? goo.gl/mbYFW2

    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
  5. Nunca me interessei muito por esse estilo de livro, um romance mais apimentado digamos assim, hahah, mas esse até que me chamou a atenção. Achei bem diferente essa coisa de ela ter nascido rica mas dar aulas em presídio, parece um livro que além de romance tem muita coisa a ensinar ^^
    Adorei a resenha Laura :)

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu particularmente AMO romances mais apimentados ahahaha Mas o foco não é esse no livro, apesar do nome e da capa. A história é bem mais ampla e gostosa, vale muito a pena mesmo que não seja seu estilo favorito.
      Obrigada pela visita, Betânia, sempre bom te ver aqui no blog <3

      Excluir
  6. Uau! Fiquei morrendo de vontade der ler! Adoro romances assim. Sua resenha foi ótima!
    Beijos!
    www.baseadoemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com muita vontade de ler, adorei!
    Beijos
    http://decorouotalbolero.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. De fato eu nunca me interessei muito por livros com essa temática, mas esse está sendo um dos únicos que eu sinto realmente vontade de ler, que realmente me interessa. Acho que a minha lista de livros vai aumentar esse ano drasticamente. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter