E tudo mudou

09:43


Ela não sabe explicar direito o que aconteceu. Não sabe apontar o dedo para o momento exato em que as coisas fugiram do seu controle.
De repente, ela acordou de manhã e a vista de sua janela parecia mais colorida. Os prédios que a cercavam de todos os lados não pareciam mais tão cinzentos e sujos assim. O céu ainda era de verão e, mesmo assim, durante a tarde parecia que o crepúsculo estava mais forte, as cores pareciam pintar a imensidão acima de sua cabeça como uma tela. Se perguntarem, ela não sabe explicar quando foi que começou a rir sozinha, não faz ideia de como tantos sorrisos começaram a tomar seus lábios durante o dia. Até seus sonhos ficaram mais vívidos. E ela nunca sonha.
Em pouco tempo ela passou a se sentir mais leve. Sempre carregou tanto em si e, de repente, parecia que seus pés estavam revigorados, seus ombros já não carregavam mais o peso do mundo. Não pensou que se sentiria tão bonita, por dentro e por fora. Sempre acreditou que teria que cuidar de si mesma o tempo todo. Toda aquela amargura interior se encolheu e se escondeu numa caixinha bem pequena, bem apertadinha. Às vezes ela ainda sente toda a sua existência, mas agora envolvida por uma profundidade doce e acolhedora. É algo mais. É algo novo. É algo incrível. Indescritível.
Ela começou a morder os lábios, nem sabia que tinha esse hábito. Nunca sentiu tanto aquele maldito friozinho na barriga. Passou a sorrir de um jeito que não sorria antes. Questionou certezas que antes pareciam entranhadas em si. Começou a imaginar cenários e momentos e não parou mais. Aquele gelo que pensava ter dentro de si simplesmente derreteu e ela descobriu que não era tão fria quanto pensava ser. Sabia que até seus olhos estavam diferentes. Um diferente bom. Muito bom.
Quem quer que a olhe, sabe dizer que tem alguma coisa diferente. Ela que sempre foi boa em esconder tudo, não consegue mais segurar. Movimentos discretos, olhares perdidos e sorrisos de canto de boca. É tão estranho não se sentir mais tão sozinha... Ela não é mais quem pensava ser. E nunca gostou tanto de si.
De vez em quando ela sente um rubor cobrir seu rosto, uma timidez que ela desconhecia. Até agora. Quando algumas lembranças a pegam desprevenida, ela precisa obrigar seu coração a bater mais devagar de novo. Quando sua mente começa a criar demais, ela precisa respirar fundo e se lembrar de dar um passo de cada vez. Ela perdeu o controle, sabe disso. Mas nunca valeu tanto a pena.
Às vezes ela tem medo. Mentira, ela sempre morre de medo. Medo de mergulhar fundo e acabar se afogando. Medo de sentir demais e não ser recíproco. Medo de eternizar algo que pode ser apenas temporário. Ela tem pânico de se machucar.
Ela não faz ideia de quando exatamente essa reviravolta começou. Quando essa loucura se transformou em paz e, como um calor, tomou conta de seu peito? Quando foi que uma mensagem passou a determinar os rumos de seu dia? Ela nunca ficou tão vulnerável. Ela nunca se sentiu assim. Era uma primeira vez, daquelas que a gente nunca mais esquece. Daquelas que, como uma tatuagem, desenham a pele para todo mundo ver que é de verdade, que está ali.
Às vezes ela tenta parar um pouco e conversar consigo mesma. Deita no divã que criou para si. Tenta se convencer de que não é isso tudo, que está tudo tranquilo. Ela quase acredita. Quase. Basta uma notificação nova para saber que ela já não é mais a mesma. É só olhar para uma foto e sentir seu coração vacilar. Ela só precisa deixar alguns momentos voltarem à sua mente para ter a certeza de que já é tarde.
Ela está apaixonada.
*Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente. Fonte: Pinterest.

You Might Also Like

18 comentários

  1. Respostas
    1. Fico feliz que tenha passado essa impressão, porque é assim mesmo <3

      Excluir
  2. Gostar de alguém faz um bem danado. Acho que quando estamos apaixonados não precisamos ficar inseguros ou se negar a sentir e admitir que estamos apaixonados.
    Apaixonar-se é umas das coisas mais lindas que nós humanos podemos.

    mil beijos
    transbor-dando.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apaixonar-se e ser a paixão de alguém é, definitivamente, uma das melhores coisas do mundo. Parece que completa partes de nós mesmos que nem sabíamos que estavam incompletas <3

      Excluir
  3. Seu texto é lindo, e confesso que me descreveu direitinho, ainda mais quando gosto profundamente de alguém. *--*
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Então significa que você fica muito feliz, né? ahaha Fico feliz que tenha gostado!

      Excluir
  4. Que texto lindo! Você escreve super bem!!
    Beijos da Vaca ♡

    http://vacasmagras.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie...
    Fico sempre encabulada com a sua familiaridade com as palavras! Sempre escreve textos maravilhosos onde cada palavra parece haver sentimentos.
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane! Muito obrigada, significa muito saber que consigo transmitir exatamente aquilo que pensei quando escrevi o texto <3

      Excluir
  6. Seu texto é do dia 26, mas vim ler só hoje, curiosamente, na hora certa: você escreveu exatamente o que venho tentando negar :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Acho que tem coisas que a gente pode até tentar near, mas não dá né? <3

      Excluir
  7. Nossa eu li o texto ouvindo ALL OF ME e serio me deu uma baita vontade de chorar. Seus textos me tocam de uma forma incrível me identifico tanto ♥
    Beijão.
    morenagraviola.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tinha parado pra pensar, mas dá pra combinar essa música mesmo ahaha Fico tão feliz em ler esse comentário, sério mesmo. Obrigada <3

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. lindo! trás tantas coisas na minha mente (: amei! sempre gosto dessas crônicas <3
    Beijos :*
    http://memorialices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter