Resenha: A arte do descaso

10:11


            A arte do descaso apareceu para mim de mansinho. Em meio a tantos lançamentos incríveis da Intrínseca, algo nesse livro me chamou a atenção. Passei a me interessar muito por livros-reportagens e, quando descobri que esse contava a história do maior roubo a museu do Brasil, não resisti. Pouquíssimo se fala a respeito do caso e Cristina traz à tona esse mistério fazendo uma denúncia muito válida à justiça brasileira.

“Em pleno Carnaval, quatro homens invadiram o Museu da Chácara do Céu, no bairro de Santa Teresa no Rio de Janeiro, e roubaram cinco obras de arte: um Dalí, um Matisse, um Monet e dois Picassos, cujo valor estimado, na época, ultrapassava 10 milhões de dólares. Naquela tarde de 24 de fevereiro de 2006, os ladrões, de posse de uma granada, renderam os três seguranças, desligaram o sistema de câmeras de vigilância e fizeram nove reféns. Um dos invasores subiu em um móvel histórico para, com uma faca, cortar os fios de náilon que seguravam um dos quadros. Meia hora depois, saíram pela mata para nunca mais serem vistos. Até hoje se trata do maior roubo de arte do Brasil e do oitavo do mundo.
Decidida a desvendar o mistério, a jornalista Cristina Tardáguila chegou a se colocar em situações de risco a fim de encontrar respostas. Em sua jornada, ela viajou para a Europa e mergulhou no mundo obscuro dos crimes de arte. A partir de meticulosa apuração dos eventos, muito maior do que a da própria polícia conseguiu levantar, a autora produziu uma narrativa vibrante, cheia de reviravoltas dignas de um thriller, construída apenas com fatos.”

            A arte do descaso vai ficar na minha cabeça por um bom tempo. À medida que ia lendo o relato de Cristina sobre o roubo ao Museu da Chácara do Céu, me questionei por que quase ninguém sabe ou fala a respeito do caso. Não só é o maior roubo a museu do Brasil, como é o oitavo do mundo! Além de seu jeito de escrever, fui sugada para dentro da narrativa por conta das histórias e curiosidades que completam um caso tão intrigante.
            Ao passar as primeiras páginas, a impressão é de que estamos lendo um thriller policial. Cristina começa seu livro como uma narradora em terceira pessoa, descrevendo os assaltantes, os reféns, as obras e o museu. À primeira vista esquecemos que tudo o que está escrito ali realmente aconteceu. Mesmo quando ela se apresenta e mergulha na história, não fica cansativo ou maçante como muitos livros-reportagem. Sua escrita é clara e objetiva, nada cansativa. A autora mescla uma narrativa literária com um texto jornalístico muito fácil de ser lido e prazeroso. Algumas fotografias completam as informações, deixando o texto ainda mais fluido e descritivo.


            A princípio, o livro se baseia todo no roubo e nos momentos que se seguiram, entretanto, com o passar do relato e das apurações pessoais de Cristina, a narrativa se torna uma denúncia importantíssima às instituições brasileiras. Apesar da visibilidade inicial do roubo, o descaso para com a investigação ganha destaque e passa a ser o assunto central do livro de Tardáguila. Será que o roubo de obras de arte não merece uma verdadeira mobilização por parte dos encarregados pelas investigações? Por que um roubo tão notório caiu tão rapidamente no esquecimento geral?
            Cristina relata passo a passo da invasão do museu da Chácara do Céu; mostra detalhes contados por alguns dos reféns; aponta as falhas na segurança; critica o despreparo de alguns dos agentes encarregados do caso. O livro é extremamente interessante não apenas do ponto de visto jornalístico. Cristina consegue mesclar jornalismo, literatura e história. Ao longo do livro ela estabelece paralelos com vários outros roubos de obras de arte acontecidos em outros países e conta brevemente como cada uma das investigações conseguiu – ou não – solucioná-los. Uma das partes mais interessantes apresenta os diferentes perfis de ladrões de obras de arte, com exemplos e curiosidades a respeito de cada caso. É muito gostoso passar as páginas de “A arte do descaso”, Cristina consegue prender o leitor de uma maneira maravilhosa.
Como estudante de jornalismo, fiquei impressionada com a dedicação de Cristina ao apurar o caso, viajando para conversar com instituições internacionais e entrando em contato com ex-condenados, fazendo mais do que os encarregados pela investigação. A jornalista conta que tinha a ambição de ajudar nas investigações e, quem sabe, resolver o caso do maior roubo a museu do Brasil, e sua dedicação e capacidade ficam visíveis a cada parágrafo.
            A arte do descaso conta uma história que os brasileiros podem e dever tomar conhecimento. Seja pelo caso em si, seja por toda a negligência das instituições encarregadas de resolver o maior roubo a museu do nosso país. O livro é extremamente interessante, bem trabalhado e escrito. Imperdível.
A arte do descaso foi escrito por Cristina Tardáguila e publicado pela editora Intrínseca.

            Classificação: 4/5 estrelas.
“Em pouco mais de três horas, já se suspeitava que o Museu da Chácara do Céu havia se transformado no palco de um dos maiores roubos de arte do Brasil. Naquela noite de 24 de fevereiro de 2006, sites, rádios e telejornais alardearam o crime pelo território nacional, enquanto agências de notícias ecoaram-no no exterior. Em todas as reportagens, destacavam-se a importância das obras levadas, o seu valor, pois estavam entre as mais valiosas da coleção, e o fato de não possuírem nenhum tipo de seguro. Os nomes de Picasso, Matisse, Monet e Dalí chamavam uma atenção brutal. Os ministérios da Cultura, da Justiça e das Relações Exteriores foram alertados em poucas horas, assim como a International Criminal Police Organization (Interpol). Mas não demorou para que o roubo caísse no mais completo esquecimento.


Gostou da resenha? Já leu o livro ou ficou com vontade de ler? Então não esqueça de deixar uma curtida ou um comentário ;)

You Might Also Like

2 comentários

  1. Nossa!!! Que incrível historia!!
    Amei a resenha e me interessei muito em ler.
    Amo livros demais e estou sempre a procura, jamais me canso kk
    Amo blogs de resenha de livros!!

    bjss
    Já estou seguindo seu blog.

    www.chuvanojardim.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Rê! Fico feliz que tenha gostado e espero te ver mais vezes aqui no blog, seja muito bem vinda <3

      Excluir

recent posts

Like us on Facebook

Twitter