Unboxing: Intrínsecos #1

by - 18:26


Uma das últimas novidades literárias que me surpreenderam foi o Intrínsecos, o mais novo clube de livros da Intrínseca. Em agosto a Intrínseca estreou seu próprio clube de assinaturas de livros que promete continuar o propósito da editora de trazer títulos inéditos ao Brasil, com exclusividade aos assinantes. Contei com detalhes essa novidade neste post.

A Intrínseca mandou de presente a primeira caixinha e gostei tanto da proposta e do cuidado com o leitor que decidi fazer um unboxing. Espero que gostem da caixinha tanto quanto eu gostei <3

O LIVRO

O primeiro livro do Intrínsecos é "O Desaparecimento de Stephanie Mailer", de Joël Dicker. O livro é um thriller que parece ser extremamente viciante. Ainda não comecei, mas só vi comentários positivos. Com certeza será uma das minhas próximas leituras!

O livro vem com capa dura e um acabamento similar àquelas edições antigas que admiramos nas estantes alheias. O cuidado com o livro é perceptível e com certeza ficará lindo ao lado das próximas edições do Intrínsecos.

"O que acontece quando o principal investigador de uma corporação - um figurão que inspira confiança em todos e que não por acaso leva a alcunha de "Capitão 100%" - falha? E quando sua fala pode resolver duas décadas de erros?
Numa noite de julho de 1994, ano em que o movimento grunge entrava pelas veias americanas e espetáculos experimentais tomavam a cena teatral nova-iorquina, a pacata cidadezinha de Orphea, na região balneária dos Hamptons, aguardava ansiosamente a abertura do seu primeiro festival de teatro. Como não havia muita coisa a animar a cena cultura do lugar, os moradores estavam em polvorosa às portas do Teatro Municipal. Para espanto de todos, no entanto, o prefeito não apareceu na cerimônia. Samuel Padalin também deixara de ir à estreia e procurava pelas ruas de Orphea a esposa, que às 20 horas ainda não havia voltado de uma corrida de fim de tarde. E foi justamente em frente à casa do prefeito que ele findou sua busca - lá estava o corpo da mulher, a primeira de várias outras mortes que tinham acabado de acontecer dentro daquela casa.
A investigação ficou a cargo dos policiais Jesse Rosenberg e seu braço direito, Derek Scott. Ambiciosos e cheios de personalidade, conseguem chegar ao assassino e recebem láureas pelo feito. Mas esse é um romance policial, oras, e as soluções dos crimes nunca são tão simples. Vinte anos depois, durante a cerimônia de despedida de Rosenberg da polícia, uma jornalista de Orphea Chronicle, Stephanie Mailer, solta uma bomba, pondo em xeque sua infalibilidade: a notícia de que o assassino do caso de 1994 não era quem se pensava. Stephanie tinha informações privilegiadas que obrigavam a reabertura do caso.
É neste ponto que o romance policial de Joël Dicker começa a queimas nas mãos dos leitores: logo depois da revelação, a jornalista desaparece deixando poucas pistas. O "Capitão 100%" adia sua saída da polícia para retomar as investigações, que a cada dia, acada noite - ou melhor, a cada "noite negra" - vão ganhando novas sombras. O que aconteceu a Stephanie Mailer?"


BRINDE EXCLUSIVO

Todas as caixinhas darão ao leitor um brinde exclusivo que tem tudo a ver com a história do livro. Nessa primeira recebi uma "evidência" com um bilhete, uma caneta e um envelope lacrado.


REVISTA INTRÍNSECOS

A revista Intrínsecos foi o que mais me chamou a atenção na caixinha. Além de ter um conteúdo muito interessante que complementa a leitura com texto inédito do autor, entrevistas, mapa da trama e curiosidades, a revista tem um design simples, mas extremamente bem pensado e elaborado. A própria revista é uma leitura deliciosa à parte.



MARCADOR DE PÁGINAS

Toda caixinha também virá com um marcador de páginas do livro. O marcador da vez faz referência à Livraria de Orphea, cidade da trama, e traz uma citação do Le Fígaro sobre o autor do livro.


CONSIDERAÇÕES

Acredito que a experiência literária é essencial para qualquer leitor e clubes do livro como o Intrínsecos dão um fôlego ao mercado editorial que precisa se reinventar constantemente. Além da ótima escolha para o título do mês, a caixinha é um presente por si só.


Quer ficar por dentro de tudo que rola aqui no Nostalgia Cinza em primeira mão e de um jeito bem simples e objetivo? Então assine a newsletter! Prometo não encher sua caixa de entrada e ainda mandar conteúdos bem legais ;)

You May Also Like

0 comentários